quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Cultivando a Esperança


Gênesis 8
Introdução: Espera, dizem que o período mais difícil na vida de um homem,é aquele intervalo entre a promessa e a bênção. Quando parece que estamos largados.
- Eis meu filho que farei um grande milagre em sua vida! Saio abençoado, passa uma semana, dois meses, e até há intervenções de Deus, mas começa parecer que no meio desse turbilhão de problemas que se levantaram através da ação de Deus,sentimos como se estivéssemos sozinhos e que tudo não passou de uma história. E a esperança começa a se enfraquecer.

Transição: O texto nos mostra que a promessa feita a Noé se cumpriu. O Dilúvio é uma realidade. A arca não foi construída em vão. Inclusive eles estão no meio do problema e um problema que dura já mais de um ano.
- Já faz um ano que eles estão esperando esse dilúvio passar, um ano de espera, entre o entrar e o sair da arca.
- E assim podemos imaginar como estava essa família juntamente com os animais dentro daquela arca. Quem sabe inquietos. Será que nunca vai parar de chover?
- Mas diz o texto que Deus lembrou-se de Moisés.
- Deus lembra-se de você. Pode a mãe esquecer-se do filho que ainda mama?de maneira que não se compadeça dele? mesmo se ela se esquecer eu todavia não esquecerei, na palma da minha mão te gravei...Isaías 49:15.
- Deus não esquece! A fidelidade de Deus brilha novamente.
- Nós encontramos Deus falando com Noé para entrar na arca e depois disso, não sabemos mas parece que Ele fica em silêncio durante um ano. Um ano sem ouvir a voz de Deus.
- Mas o texto diz que Deus continuava ali.
- Nesse período de espera o que podemos aprender? O que fazer? Como agir?

I) Nesses momentos devemos saber que as vezes só pode haver mudanças em nossa vida por meio da ação divina. (v:1).
- nesses período de tempestades que não cessam, onde a fé foi abalada a esperança está esvaindo, só Deus para trazer mudanças.
- Imagine um ano passando por um turbilhão de águas, sem direção, vivendo somente sob o cuidado de Deus.
- era assim que estavam todos na arca.
- E o período era apenas de espera, nada mais.
- Mas chega um momento em que Deus sopra um vento para nos trazer calmaria.
- aquele período que há tempos não tínhamos.
- Não é assim? Quanto tempo que você não tem paz?
- Quanto tempo que falta o descanso na sua vida?
- Há momentos que só Deus para trazer essa paz.
- Diz o texto que Deus se lembrou deles e soprou um vento, que trouxe calmaria, não somente nas águas mas também no coração de Noé e sua família.
- como aos discípulos quando estavam remando, remando e nada de sair do lugar, Jesus vem e traz calma ao coração. Sou eu não temais... João 6:20
-Talvez seja dessa calma que você está precisando hoje.
- Acalmar o coração e deixar Deus te guiar pelas águas do rio, sabendo que ele tem condições de nos fazer o melhor. È deixar sua família nos cuidados de Deus.
- Saiba
- Que aquilo que Deus começa ele não abandona no meio do caminho.
- Os seus propósitos são firmes.
- Então creia hoje e clame pela intervenção divina em sua vida.

II) Nesses momentos eu preciso saber que: Boas notícias só podem surgir, quando abrirmos a janela de nossa alma, para algo novo acontecer. (v:6).
- quantos gostam de boas notícias?
- Já pensou: chegar amanhã cedo e seu patrão dizer: estou te observando há alguns dias e cheguei a conclusão que você merece um aumento. Você vestiu a camisa da empresa e acho que você merece.
- Senhor .... você foi contemplado no sorteio daquele carro aqui em nossa rede de supermercados.
- No entanto, nem sempre ouvimos.
-Pelo contrário, parece que as más notícias nos acompanham desde que nos levantamos e ligamos o rádio ou a TV.
- Quantas pessoas estão machucadas porque abriram o seu coração, a sua alma para alguém e o que elas viram não foi a boa notícia de calmaria. Pelo contrário, foi algo que trouxe frustração.
- E por isso não querem mais se abrir.
- Conhecemos diversas pessoas que não tem condições de se abrir, seu semblante sempre calmo,mas os seus olhos que são espelho de sua alma refletem a dura realidade da frustração.
- tem dificuldades de abrir o coração para alguém, com medo de se machucar outra vez.
- E por isso vive trancado com feras interiores.
- Quer fazer um teste? Pergunte para pessoas próximas a você como elas estão, com tempo, não caia na besteira de perguntar se você está com pressa.
- A verdade é que nem sempre as boas notícias surgem no momento em que nós queremos.
- Mas entenda uma coisa (repita): elas só podem vir, se eu abrir essa janela da minha alma.
- é o que nós chamamos de arriscar.
- quantas pessoas que tratei, com medo de se envolver novamente com alguém no amor, porque se machucaram.
- quantas pessoas eu tratei na vida porque se decepcionaram com homens que se diziam pastores e fizeram coisas horríveis e mataram a fé que existia nessas pessoas e por isso não queriam se abrir para Deus, com medo de se machucar outra vez.
- Mas a verdade é que só pode ser mudado quando eu abro o meu coração e a minha alma para receber em algum momento uma boa notícia.
- Quando eu fizer isso: qualquer nuvenzinha do tamanho da mão de um homem, vai ser para mim como nuvens carregadas de chuvas que trarão bênçãos incontáveis sobre a minha vida.
- Noé abria todos os dias a janela da arca para ver se Deus havia preparado o momento certo para sua saída.
- Você vai ver que não foi no primeiro dia. E com certeza houve um desapontamento em Noé. Puxa vida não vamos sair hoje minha gente!
- E a gente precisa saber que o adiamento de uma bênção não representa reprovação, por isso não podemos abandonar tudo.
- Mesmo que essas circunstâncias externas e longas nos castiguem.
- Abra o seu coração porque em algum momento algum acontecimento encorajador pode conferir a você novas forças para prosseguir.
- Provérbios 15:13 “O coração alegre aformoseia o rosto, mas pela dor do coração o espírito se abate.”
- Deixa Deus trazer uma nova alegria pra você hoje.
- Abra a janela do seu coração para a luz do Senhor entrar em sua vida.
- Todos os dias ele abria a janela da arca.
- E houve um dia que algo diferente aconteceu: ele conseguiu ver o cuidado de Deus, havia uma boa notícia.
- Deus não o desapontou.
- Abra o seu coração para as boas notícias de Deus!!!

III) Nesses momentos devemos saber que: Um coração grato adiciona bênçãos incontáveis em nossa existência (v:20-22).
- quando ele saiu da arca, houve no coração de Noé algo muito bonito.
- Seu coração se alegrou, e ele pegou um animal e sacrificou em adoração ao Senhor.
- Certamente pelo cuidado de Deus.
- quantos dias dentro daquela arca com animais selvagens.
- Alimento pra todos eles, todos aqueles dias (imagine um elefante o tanto que come e um camelo o tanto que bebe.
- Ele saiu e disse: eu preciso agradecer a Deus pelo que ele fez por mim e minha família.
- Ele adorou ao Senhor.
- e ao adorar ao Senhor, diz o texto que Deus sentiu o cheiro, não da carne que se queimou, mas da adoração em gratidão.
- E Deus fez um juramento para si mesmo: eu não vou mais destruir o homem como fiz, em dilúvio.
- Não pense você que esses tsunamis e terremotos são apenas ação de Deus contra o homem, eu acredito mais na lei da causa e efeito,o homem destruindo a si mesmo.
- Mas Deus olha para o homem e com certeza aquela atitude o fez amá-lo de tal forma, como Jesus ao olhar para o jovem rico: a atitude o fez amá-lo ( mover-se em suas entranhas- sabe quando você gosta ao ponto de seu interior mover-se em favor da pessoa).
- E Deus abençoou não somente Noé, mas todos aqueles que viriam após ele.
- Noé nem sabia disso.
- Ele apenas adorou.

Conclusão: quais são os motivos que te leva a agradecer a Deus?
- uma família estruturada?
- um trabalho digno.
- ver Deus cuidando dos seus por todo tempo?
- um milagre de livramento de morte, que você viu a mão de Deus entrando em ação e tirando a causa da morte?
- O que é que te faz sair de sua casa e vir até aqui buscar ao Senhor?
- Se a sua esperança precisa ser renovada, fale com o Senhor hoje.
- Não traga nada a sua memória que te faça perder a esperança, mas faça como o profeta: eu quero trazer a memória aquilo que me traz esperança...
- Ou ainda como o profeta Habacuque 3:17 Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado;
18 Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação.
19 O SENHOR Deus é a minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas.

Deus nos abençoe!!!
Pr. Fábio Ramos

Nenhum comentário: