domingo, 28 de setembro de 2008

Dias de Renovo


Mensagem pregada dia 28/09/2008- na IPR-VC
Introdução: O mês de setembro marca o início da mais bela estação do ano.
- É quando deixamos o inverno e iniciamos a fase do renovo das plantas.
- Geralmente a primavera chega exatamente como chegou pra nós esse ano.
- com chuva pra acabar com a escassez trazendo flores por todos os lugares.
- Um período onde a renovação vem pra mudar o estado a imagem que parecia sem vida.

Transição: Esse período é muito conhecido na vida cristã.
- Estações que vem e que passam e mudam completamente a nossa vida.
- Que um dia está em completa escassez e no outro dia estamos sendo renovados por completo.
- Quando falamos desses dois momentos na vida, não dá pra não se lembrar de Jô.
- Homem esse que desfrutava de uma vida cheia de prestígio,posses e pessoas.
- E de uma hora para outra ele é subitamente atingido.
- Indo da riqueza a mais profunda miséria.
- Um homem que possuía muitas camelos, ovelhas e outros rebanhos, perde tudo.
- E aqui nós aprendemos que quando não restar mais nada além de Deus. Ele é suficiente.
- Quando as coisas começaram a ficar obscuras pra ele, com perdas constantes e cíclicas que duraram anos.
- O renovo de Deus chegou para esse homem.
- Restaurando a sua vida.
- Com ele nós vamos aprender hoje: como passar por esse tempo de escassez, sem perder a fé e nem a doçura?

I) Viva a vida como uma proposta de Deus pra cada dia. (O Senhor deu, o Senhor tomou...). (v:21).
- Jô não se abateu porque a sua vida era vivida com uma perspectiva divina.
- E quando nós vivemos assim, nós não nos abatemos.
- Como vivemos?
- Vivemos como se tivéssemos direito de sermos abençoados.
- E por isso toda a perda produz em mim uma dor maior do que realmente é.
- Por isso acordamos todas as manhãs sem vontade de nos levantarmos.
- Porque estamos querendo prever que nossa vida será uma série apenas de bons momentos.
- Mas quando vivemos a perspectiva divina, acordamos perguntando: O que Senhor! O que o Senhor tem pra mim hoje.
- Não querendo viver certezas!
- Que faz perder todo o brilho do propósito de Deus pra vida.
- Ricardo Gondim (Ultimato- setembro- outubro): Artigo: verdade X alucinação faz uma declaração muito parecida: Uma vida previsível seria muito maçante!
- já pensou? Vou sair hoje, mas, meus super-sensores estão detectando que vai chover. Que vou sofrer um acidente.
- Gostava de Curitiba: saía com um sol quente pra o centro da cidade e ia com uma pasta porque a qualquer momento podia cair chuva.
- Jô vivia nessa perspectiva. ( não louca).
- Mas da certeza do querer de Deus.
- E a declaração dele é incisiva: Foi o senhor quem deu, e foi ele quem tomou... bendito seja o seu nome!!!
- Viva a vida como uma proposta de Deus pra você.
- E se livre dessa síndrome de Absalão: Tudo é vaidade, já vi isso, já conheço, já experimentei...etc.
- E deixe deus propor pra você um novo estilo de vida.
- quer viver dias de renovo:

II) Valorize o que realmente tem valor pra você (v:4-5).
- O que tem valor pra você?
- Quais são os valores da sua vida? O que é importante?
- Jô era adepto do ditado: que nada substitui princípios!
- Ele cuidava da sua família, da sua vida, e da sua vida com Deus.
- Esses eram os maiores valores de Jô.
- Pessoas que ele amava e estavam próximas dele.
- OBS: Tudo o que realmente precisamos está dentro da nossa própria casa.
- E por saber disso ele cuidava de todas as formas possíveis.
- Ilustração: Conta uma história de um homem que viveu a vida inteira pra dar um futuro digno para os filhos. Trabalhou, se desgastou como pedreiro para que eles pudessem ser alguém na vida. Os filhos cresceram e se tornaram bem de vida. Um dia o pai faleceu. E os filhos vieram para o velório. Ao chegar lá, a filha que agora era doutora, disse ao irmão: esconda a mão do nosso pai, mãos surradas de trabalho, machucadas. As pessoas vão reparar. O moço olhando para o pai com ternura disse: não faça isso,foram essas mãos que me tornaram no que sou hoje.
- Quem sabe você tem valorizado coisas.
- E não sabe com quem seus filhos estão se ajuntando.
- Quem está rondando a sua casa.
- Jô amava os seus filhos e sua família, seu Deus acima de tudo o que tinha, e havia uma preocupação com os mínimos detalhes da vida deles.
- Hoje meu irmão, valorize, cuide e coloque diante de Deus, aos cuidados dele que é o melhor.
- quer viver dias de renovo:

III) Vença os inimigos de fora e de dentro da sua vida. (v:22).
- Eu começo a pensar se fosse alguém de nós.
- Ilustração: Fui fazer um velório: moça perdeu a avó e amaldiçoava-o dizendo que o odiava por tê-la tirado dela.
- Agora pense: Jó perdeu tudo o que possuía.
- Filhos, gado, ovelhas, camelos, saúde, tudo.
- Sua vida tornou-se literalmente podre.
- Porque a lepra produzia mal cheiro.
- Como se não bastasse amigos descompromissados vieram para condena-lo.
- O desejo de muitos hoje em dia é gritar, xingar, amaldiçoar.
- Imagine o que o homem interior deve ter produzido no coração de Jô.
- Mas a Bíblia diz que em tudo isso ele não blasfemou.
- os inimigos de dentro que muitas vezes nos leva ao desânimo, á fraqueza, ao rancor, á angústia.
- Essas forças interiores não foram capazes de tirar a doçura de Jô.
- Nem os amigos que caluniaram, acusaram, injuriaram-no foram capaz de parar o cântico de adoração à Deus.
- Meu irmão não diga nada hoje.
- Pra ninguém, nem pra seu esposo.
- Vista-se de saco e de cinza e: adore a Deus!
- Eu sei que o meu redentor vive!
- quer viver dias de renovo:

IV) Decida ter você mesmo; as suas experiências com Deus. (42:3-5).
- Experiências com Deus são marcantes.
- E cada um de nós temos a nossa. Diferente de todos as outras pessoas.
- Na verdade: eu não posso dizer que as minhas experiências com Deus é que é a marcante pra sua.
- Temos tantos homens que tiveram experiências profundas com Deus.
- Enos: enquanto todo um povo decidiu distanciar-se de Deus- ele começou a invocar.
- Enoque: Andou com Deus como ninguém ao ponto de ser trasladado.
- Moisés viu Deus.... conhece alguém que tenha visto Deus?
- Cada um na vida teve uma experiência com Deus.
- E se apegam a ela como se fosse a única.
- Alguns gostam de estudo bíblico porque foram atraídos pelo estudo da Palavra.
- Outros mais pentecostais precisam de uma mensagem vibrante pra se sentir bem.
- Outros músicas de adoração e outros hinos.
- Alguns através da oração.
- E as vezes achamos que isso é o máximo que Deus quer fazer na nossa vida.
- Preste atenção na vida de Jô.
- Ele já era fiel a Deus, já desviava-se do mal.
- E contava com as bênçãos d´Ele.
- E quem sabe achava que esse era o estágio máximo da sua vida.
- Até que Deus se manifesta de maneira diferente.
- E ele cai por terra.
- E diz: Senhor até hoje eu só te conhecia de ouvir falar, mas hoje os meus olhos te vêem.
- Na verdade irmão, as suas experiências são muito importantes.
- Mas Deus pode se manifestar de maneira diferente hoje pra você.
- De forma mais intensa, te fazendo cair com a face em terra dizendo: Senhor! Hoje os meus olhos te vêem...
- Qual é a experiência que estão tentando te dizer que é a melhor ou mais forte?
- Decida hoje, ter você mesmo uma experiência marcante com Deus.
- O maior renovo na vida de Jô não foi a riqueza que foi restituída, mas o conhecer Deus mais intimamente.
- Tem gente que foge disso até hoje.

Conclusão: Eu gosto da declaração de Francis Thompson, um poeta católico romano que descreveu Deus como o cão de caça do céu.
- Ele diz:
- eu fugi dele, pelas noites e pelos dias.
- fugi dele pelos arcos dos anos.
- fugi pelos labirintos,
- Com a minha própria mente fugi em lágrimas
- Sobre esperanças imaculadas corri.
- Mas, atingido caí. Nos seus braços.
- Decida hoje você ter uma experiência com Deus, ao seu modo.
- De maneira que você veja Deus.
- E receba o seu renovo!
Que Deus nos abençoe!
Pr. Fábio Ramos

Nenhum comentário: