sexta-feira, 2 de novembro de 2012

COLOCANDO A ADVERSIDADE EM SEU LUGAR


Mateus 4
Quem já não teve um referencial na vida? Todos nós temos nossos referenciais. O que é um referencial? Alguém que nós temos como modelo. Alguém que desejamos seguir os passos. Na verdade Jesus é ou deveria ser o referencial de vida de todo cristão.

Jesus é o modelo de santidade, de fidelidade, e de vencedor. E se queremos seguir-lhe os passos precisamos nos aproximar dele para sabermos o que o levou a uma vida vitoriosa. Olhe o texto: Jesus está começando o seu ministério. Mateus está escrevendo para os judeus, povo que está esperando um grande rei. Eles esperavam o Messias.

Mateus pensa: como eu vou mostrar para esse povo que Jesus é o Messias? Que ele é o grande rei? Então Mateus começa seu evangelho mostrando a primeira grande vitória desse rei. E nada melhor do que mostrar a vitória sobre o grande inimigo do reino. É como se Mateus estivesse dizendo: hei! Olha! um novo reino está chegando! E o seu rei é poderoso! Pois ele começa com uma grande vitória sobre seu maior inimigo!

E essa vitória acontece de forma magnífica. Nãocom espada, mas com a espada da verdade que é a Palavra. O triunfo de Cristo pode ser o nosso nesses dias. Como podemos como Jesus triunfar sobre as tentações, sobre o inimigo e os próprios desejos do nosso coração?

Mantendo-nos firmes em nossos princípios inegociáveis.

E a pergunta aqui é: o que é importante pra mim? O que tem valor inegociável na nossa vida?  Se queremos triunfar sobre as adversidades da vida precisamos aprender a não negociar princípios. O que são Princípios? (os princípios são o que eu sou realmente). É aquilo que eu externo, é aquilo que eu tenho como grande bem.

Jesus tem uma vitória esmagadora sobre satanás porque ele não negocia com o diabo. Somos fáceis de negociar nossas famílias com a igreja. Negociamos nosso maior bem pelo ministério. E há homens que negociam seu ministério por uma proposta melhor. Jesus está dizendo para Satanás: hei! Eu não negocio o que é inegociável! Eu não vou trocar uma vida com meu Pai por um momento de glória! Eu não negocio o que é primordial para a minha vida por algo passageiro.

Penso que todo cristão deveria antes de começar a realizar algo para Deus, passar por um momento desses. De ser colocado a prova para saber o que de fato está em seu coração. Jesus passou ciente de que sua vida não estava a venda por nada neste mundo e muito menos sua intimidade com o Pai. 

mantendo um senso de Missão.

E a pergunta aqui é: pra que eu existo? Para que Deus me criou? Isso define a nossa missão na terra. Jesus tinha isso muito definido em sua vida. Desde o início de seu ministério terreno Jesus se manteve focado na missão dada a ele aqui. Isso deve nos mover também.

Quais questionamentos eu preciso fazer em minha vida definindo as prioridades em suas devidas áreas? Então vejamos.se queremos cumprir com excelência o nosso propósito na terra, precisamos ter definidos o seguinte:

1-Qual a minha missão como cristão? Glorificar a Deus e fazer seu nome conhecido na terra.

2-Qual a minha missão como esposo? Amar a minha esposa, honrá-la e respeitá-la em tudo.

3-Qual a minha missão como pai? Discipular o meu filho até que ele chegue a estatura de Jesus.

4-qual a minha missão como cristão? Fazer a missão de cristo, não ser tropeço a ninguém, anunciar as boas novas e ser fiel testemunha de Cristo na terra.

Jesus tem muito definido isso. Satanás tenta desviá-lo dessa missão. Olha a artimanha do inimigo: Hei Jesus! Você não precisa seguir até o fim dessa proposta dolorosa é muito simples, abandone esse projeto e me adore. A caminhada pode ser mais fácil, mais suave sem sofrimento! Mas Jesus responde: eu vivo para adorar a Deus somente e só a ele eu presto culto. (v.9-10).

A nossa missão antes de tudo deve ser agradar a Deus. O homem não vive só do que é fácil e gostoso, mas do que diz a Palavra de Deus. E ela mostra que devemos viver para ele em todo tempo: “Louvarei ao Senhor em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca”. (Sl 34:1)

Podemos até sermos tentados a nos perguntar por que enfrentamos tudo o que estamos enfrentando. Mas a verdade é que devemos abraçar a causa de Cristo e nos dedicarmos em cumprir esse propósito.

O diabo mexe é com a missão do crente dizendo: O caminho não precisa ser assim... eu posso torna-lo mais fácil para você! E nós somos tentados a pensar que a obra de Cristo na terra deve ser feita de forma suave e sem esforço. Mas Jesus nos chama para tomar a nossa proposta de vida (a cruz de cada um e segui-lo até o fim), Mc. 10.21.

Nem sempre vai ser fácil. Mas, vai ser abençoador seguir o propósito de Deus até o fim. A pergunta de hoje é: Qual o nosso propósito? Estamos longe dele? Ou já conseguimos vê-lo ao longe?

O diabo tentou mostrar a Jesus um presente glorioso. Mas Deus lhe havia prometido um futuro glorioso. Um nome que está acima de todo nome, Filipenses 2.9-11.

Vivendo impregnado pela visão que Deus nos deu.

O que é uma visão? Bill Hybes define como: uma visão do futuro que produz paixão. Pr. Silas Malafaia define como: tudo aquilo que eu gostaria de ser, mas não sou ainda.

Jesus tem uma visão e sua visão o leva até a cruz. Jesus desejou a cruz. Ele não se desviou da cruz. Ele foi para a cruz porque ali ele nos resgataria da morte. Ele definiu isso para a sua vida. O que você tem almejado irmão? Quando faço essa pergunta junto à minhas ovelhas geralmente eu associo aos alvos da vida. E as respostas são as mais variadas possíveis:

Pastor eu gostaria de ser alguém que ora mais pastor! Pastor, como pai eu gostaria de ser mais presente! Como membro, eu gostaria de ser mais útil.

                E minha indagação sempre vem acompanhada da seguinte afirmação: e o que você tem feito para chegar a esse propósito?

                Porque não é só ter a visão e desejar. É seguir em direção ao cumprimento da mesma. Certo pastor afirmou: se não tivermos valores a missão é prejudicada e a visão é ofuscada.

O que levou Jesus a vitória? A firmeza de propósitos. A certeza de ouvir Deus falar que ele tinha muito prazer em sua vida.

Quando Satanás vai até Jesus ele tem que ouvir: hei adversidade! Eu sei porque eu estou aqui nesse deserto.Eu sei porque estou passando por isso.  Eu estou aqui porque Deus me trouxe! Eu sei aposição que eu estou hoje. Estou no centro da vontade de Deus.
 
Pr. Fabio Ramos da Silva
IPR Central de Paraguaçu Paulista-SP

 

Um comentário:

Aldenir Araujo disse...

Mensagem maravilhosa! Deus continue abençoando sua vida, família e ministério.

Forte abraço

Pregando a Palavra